Antes Que as Luzes Se Apaguem – Jay Asher

Tenho certeza que digo muito isso, mas é verdade.
A névoa matinal borra a entrada da nossa escola na ponta mais distante do
gramado. Ficamos no caminho de cimento para evitar os trechos úmidos na
grama, mas Rachel não está reclamando do tempo.
— Por favor, não faz isso — digo. — Você vai me fazer chorar outra vez.
Eu só quero passar por esta semana sem…
— Mas não é uma semana! — diz ela. — São dois dias. Dois dias até a
folga de Ação de Graças, depois você vai embora por um mês inteiro de
novo. Mais de um mês!
Seguro o braço de Rachel enquanto continuamos andando. Apesar de ser
eu quem vai embora para mais uma temporada natalina longe de casa, Rachel
finge que é o mundo dela que vira de cabeça para baixo todo ano. Seu
biquinho e seus ombros caídos são totalmente a meu favor, para me informar
que ela vai sentir saudade, e todo ano eu agradeço pelo seu melodrama.
Apesar de adorar o local para onde vou, é difícil me despedir. Saber que
minhas melhores amigas estão contando os dias para eu voltar facilita as
coisas.
Aponto para a lágrima no canto do meu olho.
— Viu o que você fez? Está começando.