Ao Mesmo Tempo – Susan Sontag

O que segue nestas páginas é uma obra que Susan Sontag estava esboçando e
planejando com dedicação nos últimos anos da sua vida. Entre outros projetos —
que incluíam um terceiro livro sobre doença, mais autobiográfico, um romance
passado no Japão e uma coletânea de contos —, ela pretendia publicar uma nova
coletânea de ensaios, “minha última”, como dizia, antes de voltar para a ficção.
Sontag preparou vários rascunhos de sumário, ordenando os artigos que havia
escrito desde a publicação de Questão de ênfase e deixando espaço para alguns
ensaios que planejava escrever, em especial um sobre o pensamento aforístico,
tema pelo qual se interessava fazia algum tempo, como futuras edições dos seus
cadernos de notas irão demonstrar. Exceto por esses ensaios não escritos, no
entanto, este volume está o mais próximo possível do livro que ela tencionava
publicar.
Embora não possamos saber quais destas páginas ela teria reescrito (e sem
dúvida encontraria muito que revisar), preparamos estes ensaios exatamente da
maneira como tantas vezes trabalhamos com Susan Sontag. Ao longo deste livro,
nos empenhamos para recuperar a versão original dos textos, nas passagens em
que a versão foi cortada ou modificada quando de sua primeira publicação.
Seguimos a ordem esboçada em suas anotações para esta coletânea e
incorporamos as suas sucessivas correções aos ensaios e as emendas que a
autora fez em edições estrangeiras por ela aprovadas.